Pesquisar neste blog

domingo, 23 de janeiro de 2011

Segredos de um bolo fofo



 
Preparar um bolo fofinho, alto, macio e saboroso é muito fácil, basta seguir alguns segredinhos.
 
* Ingredientes na temperatura ambiente:
Os ingredientes da receita devem estar em temperatura ambiente. Por isso separe os ovos, o leite e a margarina, retirando da geladeira com antecedência mínima de 30 minutos.
 
*Forma untada e forno aquecido:
Prepare a forma untada e polvilhada antes de começar a fazer o bolo. Acenda o forno e deixe aquecendo. O bolo cresce melhor quando é assado logo após o preparo.
 
* Peneire os ingredientes secos
Peneire separadamente os ingredientes secos e reserve. Isso evita que se formem grumos na massa e garante leveza à receita.
 
*Claras em neve:
Comece o preparo do bolo batendo as claras em neve, mas evite que as claras fiquem firmes demais. Isso não deixará que o bolo fique ressecado. Reserve as claras batidas  em outro recipiente. Aproveite a tigela da batedeira para misturar os demais ingredientes.
 
As claras em neve devem ser juntadas à massa em duas etapas. Não use a batedeira, use uma colher de pau. Acrescente somente a metade das claras e misture delicadamente. Em seguida, coloque o restante. Faça movimentos de baixo para cima, para não perder o ar contido na clara batida em neve. Isso garante um bolo ainda mais fofo.
 
* Fermento:
O fermento em pó deve ser o último ingrediente a ser adicionado. Mas antes de acrescentá-lo, verifique a data de validade. Na dúvida, faça o teste: coloque uma colherinha do fermento em um copo com água bem quente. Se a mistura borbulhar vigorosamente é porque está bom.
* Forno:
Nunca abra o forno durante os primeiros 15 minutos. Para checar se está pronto, espete um palito no centro do bolo. Se sair limpo é porque o bolo já está assado.
 
Se a superfície do bolo corar antes que a massa termine de assar, abaixe o fogo e cubra a forma com papel-alumínio. A parte brilhante deve estar voltada para baixo. Em seguida, deixe o bolo terminar de assar em fogo brando.
 
Depois que tirar o bolo do forno, nunca o coloque sobre uma bancada fria. A mudança brusca de temperatura poderá fazê-lo murchar. Cubra o bolo com um pano de prato limpo e seco. Espere esfriar, antes de confeitar.
 
 
 

Brigadeiro de copinho




O brigadeiro é doce brasileiro, criado na década de 1940 em homenagem ao Brigadeiro Eduardo Gomes. Naquela época várias festas foram feitas para promover a candidatura do brigadeiro à Presidência da República. Numa dessas festas foi servido o docinho feito de chocolate, que recebeu o nome de Brigadeiro.Adorado por crianças e adultos, o Brigadeiro demanda algum tempo para ser preparado. Supondo que no dia da festa você esteja muito ocupada e não tenha tempo para enrolar os docinhos, há um modo de servir mais fácil.  Usando de criatividade você pode fazer o brigadeiro de copinho, que além da praticidade serve como uma bonita decoração para a mesa de doces.

Também pode servir como sobremesa. Uma das opções é colocar em pequeninas tacinhas colocando o granulado ou confeitos no fundo e por cima. Outra opção é usar os copinhos de chocolate, branco ou natural, e preenchê-los com o brigadeiro colocando o granulado ou uma cereja ou pedaço de fruta por cima.

Ingredientes:
  • 1 lata de leite condensado
  • 1 colher de sopa de margarina sem sal
  • 7 colheres de sopa de Nescau ou 4 colheres de sopa de chocolate em pó
  • chocolate granulado ou confeitos
Modo de preparo:
  • Coloque em uma panela o leite condensado, a margarina e o chocolate em pó.
  • Cozinhe em fogo médio e mexa sem parar com uma colher de pau, até que o brigadeiro comece a desgrudar da panela.
  • Deixe esfriar um pouco e monte o brigadeiro nos copinhos.
  • Essa receita serve também para cobertura de bolos.

 

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Sardinha em conserva



Muitas pessoas não gostam de sardinha enlatada devido ao sabor muito marcante e também porque contém as espinhas. Se quiser apreciar sardinhas com um sabor mais leve e especial, sem espinhas, experimente essa receita.

Ingredientes:
1 kg de sardinhas limpas e sem a cauda
1 copo de vinagre branco de boa qualidade

1 copo de óleo de azeite extra virgem de boa qualidade
4 cebolas grandes em rodelas finas

1 xícara (chá) tomate cereja, cortados ao meio ou tomate concassè
1 pimentão amarelo em rodelas (opcional)

Sal à gosto

Pimenta calabresa (opcional)
Folhas de louro

Ervas frescas picadas (salsinha e cebolinha)


Modo de Preparo
:
Limpe e abra as sardinhas, retirando a espinha e a cauda do peixe. Salgue as sardinhas, e feche-as. Arrume na panela de pressão em camadas de cebolas, sardinhas, cebola (de novo), tomate, pimentão, louro, ervas frescas, pimenta, cebola, sardinha, regue por cima das camadas com vinagre, o óleo, sal e pimenta. Pode também acrescentar sabor com 1/2 xícara (chá) azeitonas verdes sem caroço e/ou 1/2 xícara (chá) alcaparras. Feche a panela e deixe pegar a pressão. Abaixe o fogo e cozinhe por 30 minutos.

Desligue o fogo e só abra a panela de pressão quando estiver bem fria ou no dia seguinte que é melhor, para evitar que as sardinhas desmanchem. Transfira as sardinhas para o recipiente de vidro ou louça e guarde tampado na geladeira. Pode ser servida fria com pão fresquinho, arroz e salada. Quanto mais curtida melhor ou mínimo por 2 dias. Dura até 15 dias na geladeira mas não pode congelar. Pode variar a sardinha por cavalinha, também fica muito bom.


Dicas
: Não se assuste com o tempo de cozimento, pois dá certo. O importante é não abrir a panela enquanto estiver quente.Vai pouco tomate mesmo porque não é para formar molho vermelho, apenas para temperar. Existem receitas que não se coloca tomate e acrescenta ½ copo de água.

terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Mousse creme de Aipim ou mandioca



Ingredientes:
1/2 kg de mandioca descascada e cozida em pedaços
1/2 kg de açúcar
1 copo de água
4 gemas
1/2 xícara (chá) de leite
gotas de essência de baunilha ou de amêndoa a gosto

Modo de preparo:
Cozinhe a mandioca até ficar macia, escorra e transfira para o liquidificador. Bata ao ponto de formar uma pasta e reserve. À parte, leve ao fogo o açúcar com a água e ferva até formar uma calda em ponto de fio fino. Acrescente a mandioca batida e mexa com uma colher de pau até obter uma mistura homogênea. Bata as gemas com o leite e misture com a mandioca. Adicione essência de baunilha e cozinhe por três minutos. Retire do fogo e despeje em taças individuais. Deixe esfriar e leve à geladeira. Sirva decorado com anis-estrelado ou polvilhe com canela e cravo em pó.