Pesquisar neste blog

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Sorvetes caseiros



Sorvete é uma sobremesa que pode ser servida a qualquer hora, é muito nutritiva além que é perfeita para os dias de verão.Os sorvetes comprados são uma delícia, mas oferecer um sorvete caseiro, é muito mais original, além que pode variar com diversos sabores.

SORVETE DE GELATINA

Ingredientes:
1 lata de leite condensado

1 lata de creme de leite

1 gelatina (qualquer sabor)


Modo de preparo:
Prepare a gelatina normalmente e não leve a geladeira. Depois de pronta, ainda quente, coloque no liquidificador junto com o leite condensado e o creme de leite. Bata bem. Leve ao congelador em um refratário tampado para não formar blocos de gelo. Depois de congelado, tire do congelador e bata na batedeira para ficar cremoso. Volte para o congelador. Está pronto, um sorvete fácil, prático e gostoso.

SORVETE DE CHOCOLATE
Ingredientes:

1 lata de leite condensado

1 tablete de 800g de chocolate meio amargo

1 medida e meia de leite quente

Como preparar o sorvete:
Dissolva o chocolate no leite quente. Adicione o leite condensado e bata no liquidificador. Ponha no congelador ou freezer e espere cerca de 3 horas.

SORVETE DE CÔCO
Ingredientes:

1 xícara de chá de coco ralado

2 xícaras de chá de açúcar

1 colher de sopa de maisena
1/2 litro de leite

2 claras
1/2 lata de creme de leite


Modo de preparo:
Coloque o coco e uma xícara de açúcar na panela e leve ao fogo mexendo até derreter o açúcar. Adicione a maisena bem dissolvida no leite e mexa até ferver. Desligue o fogo e mexa o creme até ficar morno. Bata as claras em neve e adicione o açúcar restante, creme reservado e o creme de leite. Coloque esta mistura em uma forma, ou forminhas de gelo, leve ao congelador e deixe até endurecer.

SORVETE DE CREME

Ingredientes:
1 lata de leite condensado
A mesma medida de leite
4 gemas
colher (café) de baunilha


Como preparar o sorvete: Misture o leite condensado, o leite comum e as gemas e leve ao fogo, mexendo sempre até engrossar. Retire do fogo e junte a baunilha e deixe esfriar. Coloque numa forma e leve ao congelador por 3 horas.

SORVETE DE MORANGO

Ingredientes:
350 g morangos

1 colher de gelatina em pó diluida 9 dl leite
2 coheres de chá essência de baunilha
175 g açúcar

1 colherinha de sal
1 colher de café corante vermelho

Como preparar o sorvete: Em banho-maria, dissolva a gelatina na água. Aqueça o leite com a baunilha, o açúcar e o sal e junte a gelatina dissolvida. Coloque num tabuleiro e tampe com papel de alumínio e leve ao congelador durante cerca de 3 horas. Esmague bem os morangos. Misture a metade do creme gelado e bata até ficar bem cremoso. Coloque numa tigela gelada. Bata o restante creme gelado. Junte os morangos e o corante e misture. Coloque novamente no recipiente e leve ao congelador durante 2 horas. Retire 10 minutos antes de servir.

SORVETE DE CAFÉ
Ingredientes: ½ xícara de café extra forte pronto
½ xícara de açúcar

1 pitada de sal

2 claras

½ xícara de creme de leite batido

1 colher de chá de essência de baunilha


Como fazer o sorvete: Misture o café pronto com o açúcar e leve ao fogo numa panela pequena. Cozinhe até formar uma calda grossa. Bata as claras em neve com a pitada de sal. Ponha a calda de café devagar sobre as claras, sem parar de bater, e depois bata até esfriar. Leve à geladeira por uma hora. Bata o creme de leite com a essência de baunilha até ficar bem espesso. Junte ao creme de café, misture e coloque no congelador ou freezer. Deixe gelar até que fique bem firme.

Ervas e temperos




Equilibrar ervas e temperos não é apenas um segredo para dar mais sabor às receitas, pode ser também uma forma de brincar com o poder de alquimia, exercitando o paladar e o olfato, através de combinações inusitadas. Sem falar no efeito relaxante de passar horas na cozinha experimentando novos sabores e aromas. O resultado final acaba sendo só uma consequência. Esse pode ser um dos momentos mais gostosos do almoço ou do jantar. Descubra alguns segredos de como usar as ervas:
  • As ervas devem ser usadas, de preferência, frescas. Com exceção do orégano e do alecrim, que ficam melhores depois de secos, e do tomilho, que fica bom das duas formas.
  • As ervas são mais saborosas e perfumadas quando picadas na hora de preparar a receita e, quando for o caso, adicionadas só quando for servir.
  • Ao contrário das ervas frescas, as desidratadas devem ser adicionadas no início do cozimento. Durante o preparo, elas reidratam e trazem aromas e sabores mais marcantes.
Estudos realizados em universidades do Brasil e exterior confirmam o que os nossos antepassados já intuíam: as ervas aromáticas e as especiarias possuem princípios ativos com propriedades medicinais. Vale mencionar que dentre todos os alimentos da Dieta do Mediterrâneo, as ervas e especiarias estão presentes, juntamente com o azeite de oliva. Além do aroma e sabor que conferem à culinária, seu uso é bastante interessante na redução do consumo de sal.

Outra propriedade é a capacidade de auxiliar no processo digestivo. Presentes nos cardápios, elas estimulam a produção de enzimas envolvidas na digestão e assim facilitam a absorção dos diversos nutrientes. Na culinária, devem ser usadas com equilíbrio para destacarem o sabor de um prato e nunca para sobrepujar seu sabor.



 

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Alfajor de doce de leite



 
Tradicional doce da Espanha, Argentina, Chile, Peru, Uruguai e outros países ibero-americanos, o nome Alfajor vem do árabe al hasu e significa recheado. Composto de duas massas assadas, macias e crocantes com recheio e cobertura, ao longo do tempo foram surgindo novos e exóticos sabores mas ainda prevalece a receita original.

É muito popular na Argentina, sendo que no Brasil a versão original é chamada de "Bem Casado", que aparecem nas festas de casamento. Existem também outras versões com recheios variados e apresentados como pirulitos nas festas infantis. Em algumas receitas, o alfajor entra como complemento ou elemento decorativo.

Ingredientes:
  • 100 g de margarina
  • 2 ovos
  • 100 g de açúcar
  • 200 g de farinha de trigo
  • 200 g de amido de milho
  • 1 colher (sopa) de chocolate em pó
  • 2 colheres (chá) de fermento em pó
  • Para o Recheio: 1 pote de doce-de-leite ou um doce cremoso de sua preferência
  • Para a Cobertura: 400 g de chocolate ao leite  
Modo de preparo
  • Coloque na batedeira a margarina, os ovos um a um e por último o açúcar.
  • Misture tudo até formar um creme e reserve.
  • Em outra tigela, junte os outros ingredientes: parte da farinha, o amido de milho, a colher de chocolate e o fermento.
  • Abra um espaço no centro e ponha o creme com o restante da farinha.
  • Misture tudo até ficar uma massa bem consistente. 
  • Corte as bolachas e leve ao forno em temperatura média durante 20 minutos ou até ficarem douradas.
  • Deixe esfriar e depois faça o recheio com uma camada de doce-de-leite entre dois biscoitos.
  • Cubra com o chocolate derretido.
  • Tire o excesso e deixe secar sobre uma folha de papel manteiga por 15 minutos.

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Lasanha de beringela



Ingredientes
3 Beringelas em fatias, sentido comprimento

2 colheres de Óleo
1 cebola picada
200g Carne moida
Sal e Pimenta à gosto
1 caixinha Molho pronto
200g Queijo Minas fresco light em fatias finas ou mussarela

2 colheres Queijo Ralado


Modo de preparo

Cozinhe a beringela com água e sal, por 3 minutos.
Aqueça o óleo e refogue ligeiramente a cebola. Junte carne moida, tempere até ficar completamente cozida. Acrescente o molho e 1/2 xic água. Apure. Monte a lasanha, num refratário, intercalando camadas de beringela, carne com molho e fatias de queijo. Polvilhe queijo ralado, leve forno quente para derreter queijo.

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Licor de Pequi




Ingredientes:
  • 20 pequis descascados
  • 1/2 litro de cachaça
  • 1/2 kg açucar
  • 1 litro de água

Modo de preparar:
  • Coloque os pequis com a cachaça num recipiente de vidro e deixe em infusão por 40 dias em local arejado e com luz.
  • Após 40 dias, faça uma calda grossa de açucar com 1 litro de água.
  • Retire os pequis e acrescente à calda.
  • Deixe cozinhar por 30 minutos.
  • Retire do fogo e espere esfriar.
  • Retire os pequis da calda e acrescente a infusão.
  • Coe e coloque numa licoreira.
  • Guarde na geladeira por 1 semana antes de servir.
  • Sirva gelado.